quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A ECONOMIA DA ÁFRICA DO SUL E SOCIEDADE NO APARTHEID

Por: Renato Claser Denck

A ECONOMIA DA ÁFRICA DO SUL E SOCIEDADE NO APARTHEID


A política econômica adotada no Apartheid era a industrialização por substituição de importação (sustentada pelo excedente da exploração de ouro), fazendo com que a África se tornasse um dos 10 países mais ricos do mundo, o sistema implantado pela África do Sul era Protecionista, com o uso de tarifas, para assim proteger o setor industrial local porém essa política fez com que muitas sanções internacionais fossem criadas.
O Protecionismo na indústria era tão elevado, que o setor sozinho contribuía com o PIB de tal maneira que contribuía mais que a mineração e a agricultura juntas. A produção estava ligada a bens “estratégicos” como armas e combustíveis. E a participação no comércio Internacional era de pelo menos 50% do PIB durante o Apartheid (Butcer, 2004), entretanto nos últimos anos do Apharteid  viram este modelo de acumulação afundar, vinculada assim na própria crise social.
Após o surto de expansão vivido nos anos 60, a economia praticamente estagnou nos anos de 70 e 80. O crescimento econômico caiu pela metade e, além disso, ficou muito volátil. Toda a demanda interna pública, privada e investimentos, apresentaram uma rápida desaceleração. As importações superavam as exportações, o que veio a se constituir no principal fator dos problemas de balança de pagamentos.
Outro fator relevante foi o aumento dos preços do petróleo, que por sua vez gerou um aumento geral nos preços dos produtos primários para a exportação. Tendo em vista que o preço para a exportação do ouro também subiu rapidamente, fez com que o padrão ouro fosse definitivamente abandonado.
A indústria sul Africana perdeu totalmente sua competitividade, o que fez com que a industrialização deteriorasse. O índice teve uma queda mais que a metade, anos antes do fim do apartheid. O alto custo em manter esse isolamento econômico em um mundo que se globalizava levou a África do Sul mudar o seu rumo.  E definitivamente a África do Sul abria suas portas para o comércio Internacional.  Se dava por então a abertura econômica Internacional da África do Sul.

2 comentários:

  1. interessante, mas gostaria de entender mais sobre as implicacoes da crise de petroleo para a economia sul africana nessa epoca.

    ResponderExcluir